Cerimonial que liberta noivos para curtirem o sonho realizado com convidados

 

A empresária

Como gosta de ser chamada, Lú Guerra é Luciana Guerra, uma empresária do ramo de casamentos (www.lucianaguerraeventos.com.br) e eventos que faz jus ao sobrenome. Pela garra e determinação de se superar; ela vai à luta e mostra que não veio a passeio.
Formada em administração de empresas, trabalhou na área administrativa em algumas empresas. Após se formar, ela não se sentia feliz com a vida limitada de funcionária CLT. Por causa dessa semente do descontentamento, decidiu trabalhar com seu pai, na área de eventos. Num total de 10 anos no ramo. Mesmo assim, Luciana queria evoluir ainda mais.
“Me defino na frase que eu uso muito do Steve Jobs: “A única maneira de fazer um bom trabalho é amando o que você faz. Se você ainda não encontrou algo que faça sentido, continue procurando. Não se desespere. Assim como no amor você saberá quando tiver encontrado”, revela.

Superação

“Cinco anos atrás eu fazia só o que me pediam, era inexperiente e não tinha a vivência que tenho hoje. Amadureci muito. Não me considerava uma empreendedora.”, contou Luciana.
Hoje ela ama o que faz. Busca sempre surpreender as clientes. “Lido com o sonho dos noivos e dou meu máximo, me profissionalizando para aprender sempre e me superar. A partir dessa escolha, hoje vejo o meu empreendimento como parte do meu eu. Realmente me coloco no lugar dos meus clientes, buscando soluções, tento superar as expectativas.”, desabafa.

Ela saltou alto!

“Eu acredito que saltei alto, pois sai da minha zona de conforto.” Alguns anos atrás, muitos pensamentos a levavam a crer que precisava fazer algo novo e diferente para alavancar a carreira: desejava se sentir mais útil e independente como mulher e mãe.
Depois de seu casamento, em 2012, se apaixonou por esse tipo de evento e viu o quanto desejava trabalhar realizando sonhos como esse. Alguns anos depois engravidou, e com o nascimento de seu filho, um novo desafio surgiu: lidar com a rotina de mãe empresária, com uma criança pequena, e trabalhando em home office.
Passada essa fase, todos seguem felizes na nova rotina. O desafio foi superado com a nova organização de horários, pois o filho passa parte do dia brincando na escola.

O negócio-herói

O trabalho da Lú Guerra Cerimonial salva pessoas que estão planejando eventos. Desde pequenos até grandiosos, como casamentos. Afinal é ela quem está à frente na hora da cerimônia ou festa. Ela e sua equipe organizam e executam todo cronograma envolvido.

“Sem mim, eles teriam mil dores de cabeça, não dá para organizar um evento dessa importância sem ter um mínimo conhecimento do mercado”.

Isso porque geralmente os noivos não conhecem todos os fornecedores, ou seja, acabam pagando mais caro. Segundo Luciana, pelas parcerias firmadas ela sempre obtém mais benefícios e preços melhores.
“Por experiência própria, sei que quando os noivos resolvem fazer tudo, normalmente brigam muito. A noiva (ou noivo!) está uma pilha de nervos, falta conhecimento de organização desse tipo de evento e é impossível estar a par de tudo sobre o andamento do casamento, pois eles são os anfitriões”, orienta Lú Guerra.

Ela brinca que o “Uau” do seu negócio está na satisfação pós casamento, quando os noivos revelam grande gratidão e ficam encantados com tudo o que aconteceu como planejado: afinal, seu negócio é mesmo realizar sonhos.

Dica de ouro para outras empresárias

A dica mais importante que ela daria hoje, para um empreendedor, é a persistência. “Não deixe que as situações ruins sejam um bloqueio para o sucesso do negócio. Porque se você realmente acredita que faz algo bom, se você acredita que pode ser aquilo que você se propõe, então vale a pena, sim. E você nunca deve parar de estudar, se profissionalizar, aprender, e estar sempre buscando novidades, não deixar se alienar sobre o público alvo – ouça-o sempre.”